Perguntas frequentes

FORMULÁRIO DE CONTROLO SANITÁRIO

 

Para quem é obrigatório o Formulário de Controle de Saúde?

Não é mais necessário preencher este formulário em nenhum caso.

 

 

CERTIFICADO SANITÁRIO

 

Se você é cidadão da UE, o que deve apresentar?

Se viajar a partir de um país que pertence à União Europeia ou associado Schengen, já não lhe será exigida a apresentação de um formulário de controlo sanitário SpTh nem de um certificado COVID-19.

 

Se for proveniente de um país terceiro, que certificado lhe vão exigir à sua chegada a Espanha?

Deve ter um certificado de vacinação, de recuperação ou de diagnóstico negativo, quer sejam equivalentes UE ou de outro tipo.

Se tiver um certificado de vacinação, este deverá ter sido emitido pelas autoridades competentes do país de origem a partir dos 14 dias posteriores à data de administração da última dose do plano de vacinação completo (primovacinação), sempre e quando não tenha decorrido mais de 270 dias desde a data de administração da última dose do referido plano. Depois disso, o certificado deve refletir a administração de uma dose de reforço.Tenha em conta que a obrigação de ter recebido a dose de reforço e a caducidade de 270 dias não se aplicam às crianças maiores de 12 anos e menores de 18 anos. Portanto, se se tratar de uma pessoa maior de 12 anos e menor de 18 anos considera-se como vacinada, mesmo que tenham passado 270 dias desde a última dose sem ter recebido a dose de reforço.

Pode consultar as vacinas atualmente autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento ou pela Organização Mundial da Saúde. Também se aceitam certificados com vacinas não autorizadas por estes organismos, mas a última dose administrada deve ser de uma das vacinas autorizadas. Definem-se como planos de vacinação completos os estabelecidos na Estratégia de vacinação face à COVID-19 em Espanha.

 

Se o que você vai apresentar para viajar à Espanha é um certificado de recuperação, este deve ter sido expedido pela autoridade competente ou por um serviço médico, no mínimo 11 dias depois da realização do primeiro teste diagnóstico tipo NAAT (PCR, TMA, LAMP e similares) ou teste rápido de detecção de antígeno com resultado positivo. O certificado terá uma validade de 180 dias, contados a partir da data do primeiro resultado positivo de teste diagnóstico. Os teste rápidos deverão ser os incluídos na lista acordada pelo Comitê de Segurança Sanitária da União Europeia e devem ter sido realizados por pessoal qualificado.

Se você tiver um Certificado de recuperação que não seja um Certificado Covid Digital da UE ou equivalente, você deverá proporcionar a prova documental do teste diagnóstico do qual deriva o dito certificado de recuperação.

 

Se o que vai apresentar é um teste de diagnóstico, tenha em conta que os testes aceites em Espanha são NAAT (PCR, LAMP, TMA ou similares) ou de antigénio. É necessário apresentar um teste NAAT negativo realizado nas 72 horas anteriores à saída para Espanha ou um teste de antigénio realizado nas 24 horas anteriores à saída para Espanha.

 

Os menores de 12 anos não têm de apresentar nenhum destes certificados.

 

Informamos que os certificados de vacinação contra COVID-19, de testes de diagnóstico ou de recuperação expedidos pelos países com os quais a UE estabeleceu equivalência terão a mesma consideração que um Certificado Digita COVID da UE. Consulte a lista dos países integrantes no site da União Europeia (UE).

 

 

 

CERTIFICADO DIGITAL COVID DA UNIÃO EUROPEIA

 

O que é?

É uma credencial digital que comprova que uma pessoa: foi vacinada contra a COVID-19, ou realizou um teste diagnóstico de SARSCoV2 cujo resultado foi negativo, ou se recuperou da COVID-19. Deste modo, pretende-se facilitar a livre circulação na União Europeia.

Aviso: A partir do dia 1º de fevereiro de 2022, alguns Certificados Covid Digital da UE de vacinação devem ser reemitidos após a administração de uma dose de reforço. Por favor, entre em contato com sua entidade emissora e comprove sua validade antes da viagem.

Para que países é válido, e onde é expedido?

Para todos os países da União Europeia. Poderá ser expedido, por exemplo, por hospitais, centros de testes ou autoridades de saúde.

No entanto, os viajantes que viajem para Espanha por via aérea ou marítima e que sejam provenientes de um país que pertença à União Europeia ou de um país associado Schengen já não precisam de apresentar o certificado COVID-19.

Tem algum custo?

É gratuito.

Existem países que podem emitir certificados equivalentes ao Certificado COVID Digital da UE?

Sim, consulte aqui se o seu certificado é considerado equivalente pelo país de emissão.

Consulte mais informações na nossa seção “Certificado COVID Digital da UE

 

 

CONTROLO SANITÁRIO

 

É necessário passar por um para entrar na Espanha?

Todos os passageiros que cheguem a Espanha por via aérea e marítima a partir de um país que não pertence à União Europeia ou não tem a consideração de país associado Schengen podem ser sujeitos a um controlo sanitário no primeiro ponto de entrada, que incluirá, pelo menos, a medição da temperatura, um controlo documental e um controlo visual sobre o seu estado físico. Para os passageiros em trânsito internacional, consulte a legislação aplicável aqui.

Podem me pedir para realizar um teste diagnóstico?

No caso de se suspeitar que possa ter COVID-19 ou outra patologia que pressuponha um risco para a saúde pública, passará por uma avaliação médica e poderá ser submetido a um Teste de Infeção Ativa (PDIA).

 

 

 

DURANTE A SUA ESTADIA EM ESPANHA

 

O que devo ter em conta?
Siga sempre as recomendações relativas à COVID-19 indicadas pelas autoridades sanitárias.