desde que paises puedo viajar a españa

Requisitos de entrada em Espanha se viajar a partir de um país da UE/EEE

1. Independentemente do seu país de procedência, todos os passageiros que cheguem à Espanha por via aérea ou marítima (ferries), incluídos os que estejam em trânsito e os menores de 12 anos, deverão preencher antes de sua saída um formulário de controle de saúde. Se você vier de avião, pode fazer isso através do site https://www.spth.gob.es/ ou do app Spain Travel Health para dispositivos Android ou iOs. Se você vier de ferry, deve preenchê-lo através do seguinte link: https://spthm.puertos.es/ .

Após o preenchimento do formulário, obterá um código QR que deverá apresentar tanto no momento do embarque como à chegada a Espanha.

 

2. Consulte a LISTA DE PAÍSES DA UNIÃO EUROPEIA/ESPAÇO ECONÔMICO EUROPEU e a LISTA DE TERCEIROS PAÍSES que é publicada e atualizada pelo Ministério de Saúde para comprovar:

2.1 Se você procede de zonas da UE/EEE não incluídas como de risco na anterior lista, não lhe será pedido nenhum teste diagnóstico nem certificado de vacinação ou imunidade.

2.2. Se você é cidadão da UE e procede de um país/zona de risco , deverá dispor do Certificado COVID Digital da UE, que é enviado ao próprio aplicativo SpTH ao preencher o formulário. Este certificado comprova uma destas três opções:

a) Você foi vacinado contra a COVID-19. O certificado de vacinação deve ser emitido pelas autoridades competentes do país de origem a partir dos 14 dias posteriores à data de administração da última dose do cronograma de vacinação completa (vacinação primária), desde que não tenham decorrido mais de 270 dias da data de administração da última dose desse cronograma. Depois disso, o certificado deverá refletir a administração de uma dose de reforço (a partir de 1º de fevereiro de 2022).

Os cronogramas de vacinação completos (vacinação primária) são estabelecidos na Estratégia de vacinação contra a COVID-19 na Espanha.

b) Você fez um teste cujo resultado foi negativo. O certificado de diagnóstico deve ser um teste negativo PCR ou semelhante (tipo NAAT) cuja amostra tenha sido obtida nas 72 horas anteriores à chegada à Espanha, ou teste negativo de antígeno dos que estão incluídos na lista comum da Comissão Europeia, cuja amostra tenha sido obtida nas 48 horas anteriores à chegada à Espanha.

c) Você se recuperou da COVID-19. O certificado de recuperação deve ser expedido pela autoridade competente ou por um serviço médico, no mínimo 11 dias depois da realização do primeiro teste diagnóstico tipo NAAT (PCR, TMA, LAMP e similares) com resultado positivo. A validade do certificado finalizará 180 dias após a data em que a amostra foi tomada.

Com o Certificado COVID Digital da UE você obterá um QR FAST CONTROL, que agilizará os trâmites em sua chegada à Espanha, evitando esperas e controles adicionais.

Os menores com idade entre 12 e 18 anos vacinados com uma só dose podem viajar para Espanha com um certificado de NAAT/teste de antigénio. As crianças menores de 12 anos não têm a obrigação de apresentar estes certificados.

Saiba mais sobre o Certificado COVID Digital da UE.

Se você não dispõe de um Certificado COVID Digital da UE ou não consegue fazer upload do mesmo para o SpTH, deverá introduzir manualmente os dados do certificado que você tenha. Neste caso, os tempos de passagem pelo controle de saúde serão mais lentos, já que acarreta a possível revisão do seu certificado pelo pessoal responsável.

 

3. Se viajar por via aérea ou marítima, é levado a cabo um controlo sanitário no primeiro ponto de entrada em Espanha, que inclui, pelo menos, a medição da temperatura, um controlo documental e um controlo visual sobre o seu estado.

Caso se suspeite de que pode ter COVID-19 ou outra patologia que pressuponha um risco para a saúde pública, passará por uma avaliação médica e poderá ter de fazer um teste de diagnóstico de infeção ativa (um teste PCR/TMA/RT-LAMP). Além disso, o pessoal dos serviços de Saúde Exterior poderá fazer-lhe um teste de diagnóstico se for proveniente de um país de risco. E, de modo excecional, alguns passageiros podem ter de fazer um teste nas 48 horas seguintes à chegada a Espanha.

Se você vem de um país ou área de alto risco (consulte a lista em vigor aqui), entendendo como aqueles onde foi detectado um agravamento importante de sua situação epidemiológica ou onde foram detectadas variantes de especial preocupação, você terá que apresentar simultaneamente um certificado de vacinação ou de recuperação e um certificado diagnóstico de infecção ativa de COVID-19 com resultado negativo.

Se estiver em trânsito e o trânsito se realizar sem sair da zona internacional, não passará pelos controlos sanitários, pelo que, mesmo que seja proveniente de um país de risco, não lhe será exigida a apresentação do Certificado Digital COVID da UE, mas deverá obter um QR TRÂNSITO preenchendo o FCS através de SpTH. Se o trânsito implicar a passagem pelos postos de controlo fronteiriço e, portanto, a entrada em território espanhol, deverá apresentar o cartão de embarque ou o bilhete de compra do seguinte ou seguintes voos da conexão para demonstrar que o destino final é internacional, e poderá continuar a sua viagem sempre e quando o trânsito tiver uma duração inferior a 24 horas e não sair do recinto aeroportuário.

Mais informações sobre controlos higiénico-sanitários e casos em que é necessário fazer quarentena.

 

Pode consultar os aspetos mais importantes das normas de cada país e as suas exceções através do mapa da página inicial.