Últimas notícias

Data de atualização: 02/02/2023

¡Novo! 04/01/2023 – Os passageiros provenientes da China estão autorizados a entrar na Espanha sem a necessidade de apresentar um certificado de saúde ou um teste com resultado negativo desde que façam parte de uma das seguintes categorias: residentes habituais da UE, Estados Associados de Schengen, Andorra, Mônaco, Vaticano ou San Marino; portadores de visto de longa duração emitido por um Estado Membro ou Associado Schengen; tripulantes de meios de transporte; menores de 12 anos; e pessoas que atestem documentalmente motivos de força maior ou situação de necessidade, ou ainda cuja entrada seja autorizada por razões humanitárias. Mais informações.

31/12/2022 – Todas as pessoas que chegam à Espanha provenientes da República Popular da China devem apresentar um certificado digital de COVID da UE ou equivalente (vacinação, teste com resultado negativo ou certificado de recuperação). Caso não o possuam, deverão apresentar um certificado de teste com diagnóstico de infecção ativa de COVID-19 com resultado negativo. Além disso, os passageiros poderão ser submetidos a um controle sanitário nos pontos de entrada. Mais informações.

15/12/2022 – Fica eliminada qualquer tipo de restrição para viajar para a Espanha. Os cidadãos de outros países também não serão obrigados a apresentar qualquer tipo de certificado sanitário. Esta medida entra em vigor a partir de 16 de dezembro de 2022 e apenas em casos de agravamento da situação epidemiológica ou devido ao aparecimento de novas variantes preocupantes do vírus serão recomendadas novas medidas. Mais informações.

19/09/2022 – A partir de 20 de setembro não será mais necessário o formulário de controle de saúde que os turistas de fora da UE tinham que preencher para viajar para a Espanha de avião, caso não possuíssem um Certificado Digital COVID da UE ou equivalente. Portanto, não é mais necessário ter o aplicativo Spain Travel Health para viajar para a Espanha. Mais informações.

Da mesma forma, após o restabelecimento da normalidade nos cruzeiros internacionais, são extintas as medidas extraordinárias implementadas na época para seu restabelecimento.

 

18/05/2022 – As pessoas provenientes da França que cheguem a Espanha por via terrestre já não são obrigadas a apresentar um certificado sanitário (vacinação, teste de diagnóstico ou recuperação). Mais informações.

20/04/2022 – A partir de hoje já não é obrigatório o uso de máscara em espaços exteriores e interiores em Espanha. Mas existem determinadas exceções em que é necessário o seu uso, nomeadamente em centros, serviços e estabelecimentos sanitários (como centros de saúde, hospitais e farmácias) e em centros sociossanitários (trabalhadores e visitantes em zonas partilhadas).

Também é obrigatório o seu uso nos meios de transporte aéreo, por caminho de ferro ou por cabo e nos autocarros, assim como nos transportes públicos de viajantes. Nos espaços fechados de navios e embarcações em que não seja possível manter a distância de 1,5 metros é obrigatório o uso de máscara, salvo nos camarotes, quando forem partilhados por núcleos de conviventes. Os menores de seis anos não são obrigados a usá-la em nenhuma circunstância. Mais informações.

29/03/2022 – A obrigação de ter recebido uma dose de reforço decorridos mais de 270 dias desde a data de administração da última dose da vacina não se aplicará às crianças maiores de 12 anos e menores de 18 anos. Estas serão consideradas vacinadas mesmo que tenham passado 270 dias desde a última dose sem terem recebido a dose de reforço.